Como Se Preparar Para Ser Mais Persuasivo?

In Videos Diários by Time BrainPower1 Comment

Veja mais detalhes em:

Curso Neuro Persuasão Avançada
Curso Neuro Persuasão Avançada (André Buric) → Análise Completa + Bônus
7 Motivos para Identificar se o Curso Neuro Persuasão é Para Você
André Buric ⇝ Quem É? (Curso Neuro Persuasão Avançada)

Se inscreva em nossos eventos:

Workshop da Neuro Persuasão e Influência Cerebral – Neuropersuasao.com.br
Semana da Reprogramação Cerebral – Reprogrameseucerebro.com.br
BrainPower | A Sua Academia Cerebral

QUER LER A TRANSCRIÇÃO DO VÍDEO?

Se você quer ser uma pessoa persuasiva, saberia dizer qual é a pior maneira de se preparar para uma interação social? Saiba que é você não se preparar. E qual seria a melhor maneira então? Seria você se preparar. Mas André, poxa, você vai fazer um vídeo para dizer isso que todo mundo sabe? Pois bem, isso de fato todas as pessoas sabem, mas o que as pessoas não sabem é como se preparar. E esse sim é o tema da nossa discussão do capítulo de hoje. Fala pessoal André do BrainPower academia cerebral e criador do método Neuro persuasão e esse é mais um dos capítulos diários da série Neuro persuasão, para você aprender uma nova ferramenta, colocar em prática e se tornar uma pessoa muito mais impactante, muito mais influente. E hoje a gente vai falar sobre qual seria a melhor maneira de você se preparar para qualquer tipo de interação social, caso você queira sim se tornar uma pessoa mais impactante, mais influente. Qual seria essa melhor maneira? E para a gente entrar nesse assunto, vamos antes pensar em como que geralmente as pessoas costumam se preparar. Geralmente as pessoas se preocupam muito com o conteúdo. Se ela tem uma apresentação, ela quer saber qual é o conteúdo, os dados técnicos, quer saber sobre o produto, sobre a empresa dela, só que isso pouco importa. Na verdade, um produto per si, ele não tem relevância nenhuma. O produto tem muita relevância para alguma pessoa, mas sozinho o produto não importa. Portanto, só aqui a gente vê que existem duas coisas, dois elementos que são fundamentais, o produto per si e o produto para a pessoa. E é exatamente neste detalhes que as pessoas mais persuasivas ficam preocupadas, elas não só estão preocupadas com o produto, mas sim como o produto afeta aquela outra pessoa, como a sua ideia afeta aquela pessoa, como o seu projeto afeta as outras pessoas, e é exatamente isso que você deveria ter em mente se você quiser de fato se preparar. Portanto, se você vai para uma reunião por exemplo, antes de se preocupar somente com o conteúdo, pense quem são as pessoas que estarão nessa reunião, como é que elas de fato vão se comportar, quais são as expectativas que elas tem em relação à você. Naturalmente a gente é muito bom de saber a nossa expectativa em relação aquelas pessoas. Poxa eu quero sair daquela reunião com um pedido de 1 milhão, eu quero sair daquela reunião com isso, eu quero atingir isso, eu quero atingir aquilo. Será que você já parou para pensar o que as outras pessoas esperam de você? Porque é que elas foram para aquela reunião? Porque elas aceitaram participar de uma reunião com você? E isso vale para tudo, para uma apresentação, para uma conversa com outra pessoa, para qualquer tipo de interação social. A pessoa que de fato ela é persuasiva, ela está preparada, ela já sabe qual é a expectativa da outra pessoa e aí que está a grande diferença. Quem não é persuasivo chega como se fosse um desavisado e na hora ele descobre, poxa é isso que você queria? Bom, eu vou tentar dar um jeito, de repente eu vou para a casa, preparo alguma outra coisa e trago aqui para você. Você percebe? Só aí já foi muito tempo, só aí a outra pessoa já se frustrou. É exatamente isso que uma pessoa persuasiva não permite. Todo este trabalho já foi feito antes da reunião. Então voltando para o começo desse vídeo, qual seria a melhor maneira de você se preparar? Saiba em detalhes sim sobre o seu produto, sim sobre o seu projeto, sobre a sua ideia, sobre o que de fato você quiser persuadir outra pessoa, mas saiba muito mais detalhes tudo que move aquela pessoa. As dores, os prazeres, o que de fato a pessoa tem como dificuldade no dia a dia dela. Você conseguir ajudar a pessoa a superar as dificuldades, essa com certeza será uma pessoa que vai te adorar, vai querer que você esteja por perto, ter mais reuniões com você, que vai de fato estabelecer uma conexão empática. E essa sim é a conexão mais importante que você tem que se preocupar em estabelecer, caso você queira ser mais persuasivo, mais impactante e mais influente. Neste momento em que você estabeleceu exatamente essa conexão, a pessoa está com a atenção totalmente dedicada à você, e é um pré requisito para toda e qualquer tipo de interação social, a não ser que você queira que a sua informação entre por um ouvido e saia pelo outro. Mesmo que uma conversa, mesmo que para um jantar, é fundamental que você tenha a atenção da outra pessoa. Sem isso você não tem a matéria prima de uma conversa, a matéria prima de um relacionamento, a matéria prima da persuasão. Portanto, foque sim na outra pessoa, assim como contrapartida você terá direito à atenção dela, e aí o caminho estará aberto para você estabelecer a conexão, oferecer o seu produto, oferecer a sua ideia, estabelecer ali uma conexão de amizade. Qualquer tipo de interação, repito, de fato o mais importante é você ganhar a atenção daquela pessoa e nunca será falando simplesmente a respeito do produto, falando sobre dados técnicos e é exatamente onde grande parte das pessoas passa a maior parte do tempo, talvez 90% do tempo, talvez 100% do tempo, sabendo todos os detalhes, decorando o máximo possível de informações, e isso dificilmente vai te levar a lugar algum. Então deixa aqui embaixo um comentário. Se você gostou desse capítulo de hoje, dizendo como é que você vai colocar isso em prática, de repente como é que você se viu nessa situação. Você de repente se preparava desta maneira, sabendo todos os detalhes, todas as informações, sem se preocupar necessariamente com a parte mais importante de todas que é a outra pessoa. Afinal, nada tem relevância per si, tudo pode ter muito mais relevância se servir para alguma pessoa e é exatamente esse o seu papel. E se você gostou, deixa aqui embaixo um comentário. E se você acha que o capítulo de hoje pode contribuir com alguma pessoa, seja para o dia a dia dela pessoalmente ou mesmo se ela trabalha com vendas, tem uma empresa, profissional liberal, não deixe de encaminhar para ela, para de fato ela aumentar o potencial que ela tem de impactar as pessoas e ganhar a atenção que é a matéria prima para de fato o caminho de persuasão começar a ser trilhado. Então não deixa de encaminhar para ela. E para você não perder o próximo capítulo da série de neuro persuasão, além de clicar aqui embaixo no like, no curtir, em algum lugar aqui dessa tela tem um botão assinar, clica nele e automaticamente você vai ser notificado do próximo capítulo, do próximo episódio para você aprender uma nova ferramenta, colocar em prática e se tornar uma pessoa mais impactante, mais influente. Afinal, tudo o que você quer está do outro lado da persuasão. No Brain, No Gain…até lá!

Comments

Leave a Comment