O Que Vêm Antes dos Seus OBJETIVOS?

In Videos Diários by Time BrainPower0 Comments

 

TRANSCRIÇÃO

As pessoas falam muito da importância de você ter um objetivo, que você tem que atingir o seu objetivo, que o seu foco tem que estar cem por cento no objetivo, mas existe uma coisa que é muito mais importante do que o objetivo, e poucas pessoas se dão conta disso, e é exatamente isso que a gente vai discutir no capítulo de hoje.

Fala pessoal! André do BrainPower- A academia cerebral e criador do método reprograme seu cérebro, e esse é mais um dos capítulos diários da série reprograme seu cérebro, para você entender um pouco melhor o funcionamento dessa máquina incrível que a gente tem, que é o nosso cérebro e colocar ela para funcionar a seu favor!

E hoje a gente vai discutir um assunto que é tremendamente importante e renegado por grande parte das pessoas, e por abrir esse assunto quero trazer aqui uma citação “é importante ter o fim para uma jornada, mas é a jornada que importa no fim”. Por que eu estou falando isso? Vamos supor que você está no seu carro preocupado com o chegar na hora no seu destino, seja combinado um horário, você está preocupado com aquele instante de chegar. Nesse momento, que só o destino importa para você, todo o processo deixa de valer, todo o processo e, pior do que isso, ele passa a ser um tormento, qualquer coisa que aconteça no meio do caminho passa a ser um tormento, porque a sua preocupação não está ali, você não está vivendo um momento presente, você está só preocupado com o futuro, e por que isso é tão ruim? Porque todas as vezes que você coloca um objetivo para você, você automaticamente vai deixar de vivenciar sua vida até você atingir aquele objetivo, e no momento que você atinge o objetivo, naturalmente você vai colocar um novo objetivo, e de novo, mais uma vez, você deixa de aproveitar a jornada.

Se você tem o objetivo de chegar no alto de uma montanha, você tem um processo incrível até chegar lá. Toda a jornada, toda a floresta que vai passar, todo o sacrifício, todo esforço que você vai fazer que você merece desfrutar, se autoconhecer nesse processo, nesta jornada incrível, até chegar no alto da montanha, tudo isso vai deixar de ser importante para você, porque a sua cabeça vai estar simplesmente lá no alto da montanha, e assim que você chegar lá, o que vai acontecer? Você vai olhar para um lado, você vai olhar para o outro lado, e você vai querer descer porque o alto da montanha é simplesmente um instante. O nosso objetivo é um instante, você atingiu, acabou, automaticamente você coloca um novo objetivo. A alegria de você atingir um objetivo, ela existe e ela é muito importante, mas ela dura pouquíssimo tempo comparado com o restante da nossa vida inteira, se a gente simplesmente ficar colocando objetivos e não aproveitando a jornada, não se dando conta que a vida é feita pela jornada, e não pelo objetivo, a gente desperdiça a nossa vida. Então se você tem algum objetivo, e pensa simplesmente que você vai começar a viver após esse objetivo, “eu quero acumular um milhão” e aí sim depois disso vou começar a viver, “eu quero me aposentar” e aí sim vou conversar aproveitar a vida, eu quero isso e aí eu vou aproveitar a vida, eu quero aquilo e aí eu vou aproveitar a vida.

O que vai acontecer é que você traçou um perfil que você quer simplesmente estabelecer objetivos, e aí, aproveitar a vida. Este perfil vai ser replicado; Todas as vezes que você atingir um objetivo, você vai colocar um novo objetivo, e mais uma vez você vai ficar esperando algo acontecer, para você aí sim aproveitar a vida. E o que vai acontecer no final, você já deve estar imaginando, você simplesmente vai ter atingido vários objetivos, mas a vida mesmo você não aproveitou em absoluto. Então o ponto central aqui dessa discussão, dessa reflexão, é que eu quero que fique presente para você, que por mais que você não esteja no seu estado ideal de vida, você não tem atingido todos os objetivos que você desenhou para você, é exatamente este momento que você tem que aproveitar, é exatamente este momento você tem que olhar para o seu lado e dar valor para as coisas que você já tem, valor às pessoas que estão do seu lado, dar valor para o dia, dar valor para o trânsito, porque se você não assistiu um vídeo que eu falo sobre gratidão, vai chegar um dia que você vai sentir falta do trânsito. Talvez você esteja falando “não André, você está ficando maluco, eu nunca vou sentir falta do trânsito. Trânsito maluco, você fica parado, perde tempo” Sim, esse trânsito mesmo. Vai chegar um dia isso, e acontece com todas as pessoas, que a gente vai estar muito mais velho, e a gente vai sentir saudade de ter a liberdade, simplesmente de ir para a rua, de poder enfrentar o trânsito. A gente não se dá conta disso no momento presente, a gente tem a liberdade de fazer o que a gente quer.

Existem processos para as coisas acontecerem e o trânsito faz parte de um processo de você chegar no destino que você quer, faz parte do processo da liberdade, porque a liberdade de muita gente junta ali, naquele momento do trânsito. E se o futuro é algo muito distante para você fazer essa reflexão, pensa no momento presente, de repente algo que te faz muito mal, que te incomoda muito, para uma outra pessoa seria uma dádiva, ela pagaria milhões, todo dinheiro do mundo por aquilo. De repente, se você está com dor na perna, você está incomodadíssimo com essa dor na perna, dor na coluna, qualquer tipo de dor. Tem muita gente no mundo que simplesmente tem problemas na coluna, e não consegue se locomover. Essas pessoas dariam todo dinheiro do mundo para sentir a dor, a mesma dor que você está sentindo. Então, simplesmente a gente tem que dar valor para o processo, o processo ele é composto por momentos que não são tão agradáveis assim, mas que a gente vai sentir falta deles. Então, simplesmente pare de pensar somente no objetivo, porque quando você pensa no futuro, no objetivo distante, você deixa de vivenciar o presente, e é no presente que está o prazer da vida. As pessoas que vivem no objetivo, vão ter somente alguns pequenos instantes de alegria na vida, se elas atingirem o objetivo, que existe uma chance muito grande de a gente estabelecer objetivos muito acima, inclusive, do que a gente vai atingir na nossa vida, e isso é bom, porque vai puxar a gente para cima, mas quanto mais distante for objetivo, menos realista ele é, e menos chance a gente tem de efetivamente ter esses pouquíssimos momentos de alegria na vida.

Então, para você de fato aproveitar essa dádiva que a gente tem que é a vida, aproveite o processo, e eu repito, “é importante ter fim para a jornada, mas a jornada é o que importa no fim”, e fechando com chave de ouro, eu quero deixar um convite para a jornada da reprogramação cerebral, para a gente discutir durante uma semana, conceitos fundamentais a respeito do seu cérebro, para você colocar ele de fato, programa-lo, para ele funcionar a seu favor. Você de fato entender como está estruturado seu cérebro, como é que você coloca ele para atingir de fato seus objetivos, e sim, aproveitar muito melhor a jornada, no meio do caminho, com menos procrastinação, com menos distrações, com muito mais foco, muito mais performance. A gente vai discutir neurociência, neurolinguística, neuroeconomia e elementos de coaching aplicados para você mesmo, para você pegar esses elementos, e você aplicar em você mesmo, elementos de meditação aplicados a performance.

Então, se você quiser fazer parte dessa jornada, não deixa de se inscrever em “reprogrameseucerebro.com.br”, vai aparecer aqui embaixo o endereço para você, não deixa de escrever. E se você acha que alguém também pode se beneficiar, encaminhe esse endereço para essa pessoa, encaminhe esse vídeo para essa pessoa ter a mesma reflexão a respeito da jornada também. E se você acha que esse vídeo te deu algum estralo, teve alguma sacada, deixa aqui embaixo seu comentário, adoraria saber o que você teve de estralo, nesse vídeo ou em algum outro nessa série de vídeos diários, um a cada dia, por um ano. E se você quiser fazer parte da jornada e ainda não faz, e algum lugar aqui nesse vídeo tem um botãozinho para você clicar “assinar”, e automaticamente por um ano você vai receber uma notificação de um novo vídeo, uma nova sacada, com uma nova reflexão, para você de fato ter um estralo e começar a enxergar a realidade de um jeito diferente, através do jeito que realmente o seu cérebro está estruturado, conhecer cada vez mais essa máquina incrível poderosa que a gente, mas que não vem com um manual. Então te vejo amanhã, na próxima sacada, e lembra disso: o seu futuro começa hoje. “No Brain, No Gain”, e até amanhã!

Leave a Comment