Artigos

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

4 dicas para eliminar a timidez e ser mais autoconfiante

Quem é tímido, sabe o constrangimento que passa diariamente, e em diversas situações. Quando é abordado por alguém, ou até mesmo quando quer abordar alguém, por exemplo. 

Uma pessoa tímida e insegura, tem um desejo de se conectar mais com outras pessoas de forma natural e confiante, mas isso parece  impossível porque parecem não conseguir lidar com a ansiedade que vem com a interação humana.

Pessoas tímidas dizem constantemente que gostariam de ser mais extrovertida, mas antes de prosseguir quero mostrar que você pode sim ser introvertido, e abandonar a timidez. Uma coisa não anula a outra. 

Timidez não é introversão 

Timidez não é o mesmo que ser introvertido. Os introvertidos realmente se sentem energizados, passando um tempo sozinhos fazendo suas próprias coisas. Eles não têm medo de situações sociais, mas preferem simplesmente ficar sozinhos. As situações sociais os drenam emocionalmente, enquanto as atividades solitárias energizam e estimulam sua criatividade.

Por outro lado, as pessoas tímidas buscam desesperadamente a aceitação e aprovação de outras pessoas. Isso os torna extremamente autoconscientes e temerosos de serem julgados, ridicularizados, criticados, humilhados, envergonhados e rejeitados. 

Quem é tímido têm uma auto-preocupação negativa e frequentemente avaliam a si mesmos e suas próprias habilidades de maneiras muito limitantes. De fato, quando se trata de situações sociais, eles esperam que cometam erros e falham miseravelmente em se conectar com os outros em um nível significativo.

Seus pensamentos e crenças inúteis sobre suas interações sociais fazem com que se sintam extremamente inseguros. E, no entanto, uma de suas características mais agradáveis ​​- a de ser um ouvinte atento – é uma parte vital de qualquer relacionamento social significativo.

As consequências negativas da timidez

Ser tímido não é bom para o seu crescimento e desenvolvimento social e pessoal. Não apenas faz com que você evite propositalmente situações sociais, como também pode levar ao isolamento, tristeza, solidão, arrependimento e depressão.

De fato, toda vez que você evita uma situação social, nesse momento esgota seus reservatórios de autoconfiança. E quanto menos autoconfiança você tiver, menor a probabilidade de opinar, de fazer novos amigos, de aproveitar as oportunidades sociais para promover sua carreira ou atingir os objetivos desejados.

A timidez é uma realidade e atrapalha a vida de muitos. Os tímidos dificilmente buscam ajuda para tratar isso, justamente por sentirem medo e acharem que isso é embaraçoso e que as pessoas vão julgar sua condição. Mas não há nada de errado em buscar ser alguém menos tímido e de fato viver a vida como se deseja sem que a timidez atrapalhe.

Você que é tímido precisa reprogramar seu cérebro para aprender a identificar o problema e depois descobrir como controlar o processo para começar a viver um novo padrão de vida, e mais autoconfiante. 

A timidez está muito ligada a você olhar para si e sempre achar que está sendo julgado com inferioridade pelas pessoas, e isso faz com que o sentimento de vergonha te invada, pois acha que nada que faz é bom o suficiente para os outros terem uma boa imagem a seu respeito.

Apenas uma situação ruim já é o suficiente para fazer uma pessoa se afundar na timidez, desencadeando uma espiral negativa de falta de confiança. E isso pode ter efeitos muito complicados, afetando diretamente a sua vida profissional, pessoal e até mesmo acadêmica. 

A apreensão em falar ou agir em qualquer situação social limita o seu potencial, afeta a sua capacidade de ser você mesmo. Você permite que as outras pessoas e seus supostos pensamentos a seu respeito ditem como serão suas atitudes.

Por exemplo. O confronto tem um papel importante, pois nos ajuda a crescer, e o tímido o evita, pois tem medo de mostrar sua vulnerabilidade, fracassar ou se sentir rejeitado. É por isso que é tão importante que você entenda de onde vem esses medos e o porquê deles estarem aí. 

Posso perder minha timidez e ser mais autoconfiante sozinho? 

Se o seu nível de timidez te impediu de fazer qualquer coisa que seja, sim, você precisa de ajuda, e provavelmente não conseguirá sozinho. Por isso neste artigo, quero te ajudar a abandonar a timidez e desenvolver mais autoconfiança. 

Se confrontar e enfrentar essas situações vai fazer de você alguém menos tímido. Quando você deixa de enfrentar as situações temidas porque acha que não vai adiantar, você está jogando a toalha e dessa forma nunca terá um resultado.

Não espere que com o tempo isso mude sozinho e milagrosamente se torne uma pessoa mais autoconfiante. O que vai definir isso serão as pequenas coisas que fará durante esse período de tempo. É isso que vai gerar mudanças: enfrentar as situações que sente medo, isso vai te moldar e te fazer alguém menos tímido.

Seu cérebro constantemente criará barreiras para os momentos que se sente desconfortável, então muitas vezes não vai sentir a menor vontade de tomar alguma atitude, pois considera mais seguro permanecer na sua zona de conforto. 

Mas depois que enfrenta essa dor, você recebe a recompensa, pois não deixou que a sua mente mandasse em você e determinasse a sua atitude. E isso se torna um ciclo virtuoso, você se torna cada dia mais confiante. 

Então ter alguém que te ajude e te incentive quando esses momentos de timidez vierem, é fundamental. É sempre bom ouvir dicas de alguém que de fato entende do assunto ou que algum dia já passou por isso, mas venceu essa barreira. Isso irá de impulsionar.

Então agora, vamos para as dicas para eliminar a timidez e se tornar uma pessoa mais autoconfiante. 

Não busque aprovação alheia 

Pessoas tímidas e inseguras estão sempre buscando a aprovação dos outros ao seu redor, mesmo que seja algo inconsciente. Isso faz com que ela se afunde na timidez e insegurança. Se tornam temerosas de serem julgadas, ridicularizadas, criticadas, humilhadas, envergonhadas, ou até mesmo rejeitadas. 

Elas tem um pensamento negativo delas mesmas e quando se trata de situações sociais já acham que vão falhar miseravelmente, e por medo de passar vergonha, preferem ficar quietas, porque elas dependem de aprovação alheia. 

Querer ser aceito por conta da timidez, nunca será uma vantagem para o seu desenvolvimento pessoal, acadêmico ou profissional. Não só ela faz com que você evite propositalmente algumas situações importantes para a sua formação, como também pode te levar ao isolamento, tristeza, solidão, arrependimento e até mesmo depressão. 

Todas as vezes que você evita uma situação por falta de confiança, você está esgotando seus reservatórios de autoconfiança. E quanto menos confiança você tiver, menos provável é que você dê sua opinião, faça novos amigos, aproveite oportunidades para promover sua carreira ou atingir os seus objetivos e sonhos. 

Abandone o medo de falhar 

Se você quer abandonar a timidez e se tornar uma pessoa mais autoconfiante, abandone o medo de falhar. Muitas pessoas tímidas deixa com que esse medo as mova, e não tomam uma ação para nada, ficam estagnadas no mesmo lugar. 

Todos nós temos metas e objetivos que gostaríamos de alcançar. Mas para conseguir colocar muitos deles em prática, você precisa se arriscar e se aventurar mais. Se você quiser ter uma vida de mais impacto, arrisque! Não tenha medo de falhar por conta da sua timidez e insegurança. 

Se a falta de confiança está controlando suas decisões, então é hora de entrar em ação. Nunca é tarde demais para fazer algumas mudanças na sua vida para superar a timidez. Mas como a timidez não some da noite para o dia, você pode ir devagar. 

Escolha uma coisa que você tem medo de falhar. Pode ser começar uma conversa com alguém, pode ser começar um projeto, pode ser dar ideias no seu trabalho, escolha qualquer coisa. E faça, mesmo com o risco de falhar. Isso vai aumentar a sua confiança a medida que for agindo, e vai perdendo o medo de falhar. 

Mude sua linguagem corporal

É fundamental ter uma linguagem corporal positiva para que as pessoas possam identificar em você confiança. Nada de ter uma postura torta, andar de cabeça baixa ou ficar com as mãos cruzadas. A sua linguagem corporal não só vai passar confiança para as outras pessoas, como vai fazer você se sentir dessa forma!

Uma psicóloga chamada Amy Cuddy aborda esse tema, falando sobre o poder do comportamento não verbal. E ela conta que manter nosso corpo com postura de autoconfiança por apenas 2 minutos já faz com que o corpo se equilibre para se sentir mais confiante. Não só nossa mente muda nosso corpo, mas nosso corpo também muda a nossa mente, está tudo conectado.

A forma como você anda, como gesticula ou como se senta, tem grande impacto na sua confiança e em como as pessoas irão te ver, por isso passe a prestar mais atenção na sua postura e em como você se comunica com o corpo!

Fale mais “não’s”

As pessoas tímidas tendem a estar excessivamente preocupadas com as reações de outras pessoas, elas evitam questionar ou mudar o rumo das coisas. Isso não significa que eles são pessimistas ou covardes, mas que elas não sabem falar “não”.

Se quiser perder a timidez e insegurança, busque ser mais assertivo e comece a falar não, quando você não quer algo. Ser assertivo significa falar por si mesmo quando deveria, pedindo o que deseja ou precisa, de forma clara e direta. E saber impor limites. 

Aprender a dizer ‘não’ será um grande passo para perder sua timidez! As vezes é muito importante que você se imponha e mostre qual de fato é a sua vontade, sem se preocupar com o que os outros vão pensar. Não confunda dizer não com ser mal educado. Mas não tenha medo de priorizar o seu interesse. A medida que fizer isso, se tornará mais autoconfiante. 

Saiba como isso funciona no seu cérebro 

Perder a timidez e se tornar uma pessoa mais autoconfiante é um processo. Portanto, siga essas dicas diariamente. E dedique o seu tempo a estudar sobre o assunto e a conhecer o seu cérebro e fazer ele trabalhar a seu favor. 

É lá que tudo isso começa, e lá que devemos mexer! Quer saber como a autoconfiança se dá no seu cérebro, e quer descobrir como reprograma-lo definitivamente para perder a timidez e se tornar mais confiante e seguro? 

Garanta sua vaga nesta aula ONLINE e GRATUITA: brainpower.com.br/confianca 

Leia também