Artigos

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Quem é tímido pode desenvolver autoconfiança?

Algumas pessoas que são tímidas, acham que por ter essa condição desde sempre, não podem ser autoconfiantes. E tudo isso porque existe um mito, onde as pessoas acham que a pessoa tem, ou não tem. 

Mas a verdade é que a autoconfiança pode sim ser desenvolvida, inclusive em pessoas que são tímidas e isso já foi comprovado cientificamente. 

Por isso, aqui neste artigo vamos falar sobre timidez e auto confiança, e também entenderemos comos podemos começar a desenvolver autoconfiança, mesmo que a timidez faça parte da nossa vida. 

Você é uma pessoa tímida? 

Timidez é a sensação de constrangimento e uma apreensão que algumas pessoas sentem quando se aproximam ou quando são abordadas por outras pessoas. 

Essas pessoas desejam ser extrovertidas e se conectar com outras pessoas no nível social e emocional. No entanto, eles acham isso impossível porque parecem não conseguir lidar com a ansiedade que vem com a interação humana.

Pessoas tímidas tem zero autoconfiança. Elas buscam desesperadamente a aceitação e aprovação de outras pessoas. Isso os torna extremamente autoconscientes e temerosos de serem julgados, ridicularizados, criticados, humilhados, envergonhados e rejeitados. 

As consequências negativas da timidez e falta de confiança 

superado pela timidez nunca é bom para o seu crescimento e desenvolvimento social. Não apenas faz com que você evite propositalmente situações sociais, como também pode levar ao isolamento, tristeza, solidão, arrependimento e depressão. 

De fato, toda vez que você evita uma situação social, nesse momento esgota seus reservatórios de autoconfiança. E quanto menos autoconfiança você tiver, menor a probabilidade de opinar, de fazer novos amigos, de aproveitar as oportunidades sociais para promover sua carreira ou atingir os objetivos desejados.

Todos temos metas e objetivos que gostaríamos de alcançar. É lamentável para indivíduos tímidos que a grande maioria desses objetivos exija a ajuda de outras pessoas. Isso significa que, para que seus objetivos sejam concretizados, eles devem se aventurar no mundo e fazer conexões sociais. E se eles não puderem fazer isso, acabarão vivendo uma vida cheia de arrependimentos e promessas não cumpridas.

Todas essas consequências podem levar a uma vida muito problemática. No entanto, não precisa ser assim. Se a timidez está atualmente direcionando suas decisões e ações, não é tarde demais para fazer algumas mudanças fundamentais a partir de hoje.

A jornada, é claro, não será fácil e levará algum tempo e esforço. No entanto, com o desejo de fazer essas mudanças se manterem e o compromisso de aprimorar suas habilidades sociais, você certamente pode mudar sua vida.

Tenha clareza

Seu primeiro passo é identificar o que você gostaria de alcançar ao perder a timidez e ganhar mais autoconfiança. Seus objetivos desejados devem inicialmente ser muito simples e diretos. 

Por exemplo, você pode definir uma meta para fazer uma pergunta a um estranho. Após esse encontro inicial, você pode definir outro objetivo para ter uma conversa de dois minutos com um estranho. A partir daí, você definiria metas adicionais que o ajudarão a progredir ainda mais. Pergunte a si mesmo:

  • Qual é o meu objetivo final? 
  • O que eu quero fazer, que não consigo hoje por conta da timidez?
  • Qual é o primeiro pequeno passo que consigo dar hoje? 
  • Quais metas eu devo definir para chegar ao meu objetivo final? 

Depois de identificar seus objetivos, agora você deve reconhecer os obstáculos que atualmente o impedem de tomar medidas positivas no futuro. Pergunte a si mesmo:

  • O que está me impedindo a chegar no meu objetivo final? 
  • Como eu me sinto sobre isso? 

Responder a essas perguntas fornecerá uma compreensão profunda de suas tendências psicológicas quando se trata dessa situação social específica e de quando sua timidez aflora. 

Quanto maior clareza você tiver sobre essas coisas, mais efetivamente será capaz de lidar com esses obstáculos com êxito.

Dê pequenos passos

É muito importante dar pequenos passos consistentemente para conseguir acabar com a timidez, você precisa treinar o seu cérebro a ter mais autoconfiança. 

É claro que você deve começar devagar e ganhar impulso ao longo do tempo. Isto é muito importante. Se não houver um planejamento de pequenos passos, isso poderá gerar muita ansiedade.  

Para evitar esse cenário, certifique-se de definir expectativas realistas, e metas alcançaveis. O que importa é ser consistente nelas. 

Ao planejar fazer pequenas etapas diárias em direção à sua meta final, reserve um tempo para considerar o seguinte:

  • O que especificamente farei socialmente hoje?
  • Como vou fazer isso?
  • Onde especificamente eu farei isso?
  • Quem potencialmente estará lá?
  • Por quanto tempo vou fazer isso?

Se você der essa clareza para o seu cérebro, ele te entregará mais energia, e menos ansiedade, pois você tem clareza da situação, e são metas alcançáveis. 

Abandone a busca pela perfeição 

Pessoas tímidas e com baixa autoconfiança estão em constante busca pela perfeição. E é justamente por isso que são tímidas, porque a perfeição não existe. 

Você nunca será perfeito. Você só pode fazer o seu melhor e o seu melhor resultará em resultados muito diferentes, dependendo do dia e da situação social em que se encontrar.

Não seja duro consigo mesmo quando cometer erros. Os erros são uma parte normal e natural da vida. De fato, a única maneira de aprender é quando você cometer erros. 

É tudo um processo de aprendizado que exige tempo, paciência, dedicação e esforço. Você chegará lá e não será perfeito. Isso é perfeitamente normal.

Não analise demais as situações 

O tímido é observador e extremamente analista, mas isso pode te ajudar ainda mais na timidez  e falta de confiança se for o seu caso. 

Não tente analisar demais a situação justificando como e por que as coisas aconteceram da maneira que aconteceram. Se perder nesses tipos de detalhes só inviabilizará seus esforços. Em vez disso, concentre-se em seguir em frente e construir sua autoconfiança através da repetição e de um esforço consistente ao longo do tempo.

Construa autoconfiança diretamente no seu cérebro 

Neste artigo nós vimos que é sim possível construir e treinar a autoconfiança, apesar da timidez. 

A timidez não é uma condição permanente ou genética, ela pode ser modificada e substituída pela autoconfiança, se soubermos aonde mexer. 

Você quer saber como fazer isso? Se cadastre nesta aula ONLINE e GRATUITA: brainpower.com.br/confianca

Leia também